Placenta em exposição: a arte de dar a vida

A placenta da artista Zoë Buckman na exposição 'Present Life' (2015)

Nós já ouvimos falar sobre a ideia de ingerir sua placenta, uma prática comum na medicina chinesa e popularizada no ocidente por celebridades de Hollywood. Porém, uma artista plástica resolveu enquadrá-la.

Para sua primeira exposição solo, chamada Present Life (que ficou até o mês passado na galeria Garis & Hahn, em Nova Iorque), a artista inglesa Zoë Buckman (que, detalhe, é casada com David Schwimmer, o Ross de Friends) preservou sua placenta desde maio de 2011, quando deu a luz à sua filha Cleo. Na exposição, juntamente com imagens de buquês de flores e estruturas em neon, está o órgão dissecado de Zoë, num luminoso quadro em mármore. O processo de preservação, feito no Institute for Plastination, na Alemanha, também durou nove meses.

A artista Zoë Buckman em seu ateliê. Foto por Jessica Malaflouris.
A artista Zoë Buckman em seu ateliê. Foto por Jessica Malaflouris.

Em entrevista, Zoë diz que a escolha de preservar sua placenta e expô-la como uma obra de arte se deu por seu interesse sobre o que acontece entre os estágios da experiência humana: quando a vida vira morte, quando a noite vira dia ou, mais literalmente, quando uma mulher vira mãe.
 
Primeira exposição solo de Zoë Buckman: 'Present Life' (2015)

Primeira exposição solo de Zoë Buckman: 'Present Life' (2015)
 
A ideia inicial de Zoë Buckman para seu debut era explorar a mortalidade versus permanência. A partir daí, evoluiu para percepções mais subconscientes sobre a definição do tempo, somado ao pensamento de que a vida é um presente. Presente, especialmente, no significado da presença no momento real. Porque nós nunca sabemos o que virá ou quanto tempo ainda nos resta.
 
Primeira exposição solo de Zoë Buckman: 'Present Life' (2015)
Primeira exposição solo de Zoë Buckman: 'Present Life' (2015)

Tags relacionadas
, , ,
Mais de Nina Grando

A mina de ‘Hotline Bling’ tava é feliz da vida

EVER SINCE I LEFT THE CITY YOU! Hotline Bling, do Drake, foi...
Leia mais