Ouça: Laura Mvula

Laura Mvula é uma mulher negra poderosa e orgulhosa de suas origens. E isso se reflete nas suas letras, sua melodia e na estética de seus clipes.

A cantora britânica de ascendência caribenha tem estilo único, voz suave e sinuosa. Em seus dois álbuns, ela traz músicas animadas, com misturas incomuns de ritmos, e algumas músicas que lembram uma prece cantada, como que em um coral – talvez uma marca por ter crescido em uma família muito religiosa em Birmingham.

Em Sing to Moon (2013), álbum que alavancou sua carreira, Laura Mvula apresenta uma combinação um tanto estranha de orquestrações e melodias ondulantes. Minha música favorita dele é Green Garden, que já apresentamos pra vocês aqui na lista de Ouça Mulheres Negras de 2014.

É mais uma baladinha, com ritmos infantis, como de uma brincadeira.

Outra muito boa, de melodia mais dramática, é a que dá nome ao seu primeiro álbum. Nessa versão ao vivo, ela canta acompanhada pelo som de um arpa e um violoncelo, que dão o tom necessário para uma atmosfera que a música quer construir.

Em uma entrevista ao jornal Guardian, antes de lançar seu segundo álbum em 2016, The Dreaming Room, Laura revelou que, praticamente desde o início de sua carreira, vinha sofrendo de ataques de ansiedade.

O desencadeador foi a separação dos pais, depois veio a pressão de fazer a turnê do primeiro álbum, depois um divórcio. Laura chegou ao ponto de precisar que alguém estivesse sempre com ela o tempo todo, inclusive nos momentos em que compunha suas canções.

Mas ela conseguiu. Mesmo com os frequentes ataques de pânico, terminou seu segundo álbum, outro sucesso. Nele está a minha música preferida dela: Overcome (muito apropriado o título), em parceria com Nile Rodgers. É impossível não se arrepiar com esse clipe!

Outra imperdível dela é Phenomenal Woman. A letra é empoderadora e achei super simbólico ver o vídeo dessa música sendo protagonizado especialmente por mulheres negras. Em todos os clipes que vi de Laura Mvula, ela convida dançarinos negros, mas neste, a presença dessas mulheres mostrando todo seu poder deu um significado a mais à letra.

Para escutar mais músicas dessa mulher, acesse seu canal no Spotify ou no SoundCloud. Também a siga aqui:

YouTube / Instagram / Facebook / Twitter

Tags relacionadas
, ,
Escrito por
Mais de Débora Backes

Victoria: uma noite, uma garota, um take

Luzes brancas piscando e uma música techno muito alta são os primeiros...
Leia mais