Animes para curtir nesse verão

Flip Flappers
Uma seleção de animes atuais feitos por mulheres e/ou com protagonismo feminino

Sem ideia do que assistir de novo nesse início de ano? Montei uma pequena lista de recomendações de animes que saíram do forno em 2016 e são uma delícia de assistir.
 

O que eu quero fazer nesse verão (Tanaka-kun wa Itsumo Kedaruge)

 
Como critério escolhi animações que ou foram baseados em obras feitas por mulheres, ou tem força criativa feminina por trás dos holofotes, ou tem um bom núcleo de protagonistas mulheres. São obras que podem ter passado despercebidas pelos fãs por causa da quantidade enorme de lançamentos que temos todo ano, e por isso mesmo que esses animes merecem mais carinho e atenção. 

 

Amaama to Inazuma

Episódios: 12

O professor Kohei tornou-se viúvo há poucos meses e agora cuida sozinho de sua filha pequena Tsumugi. Por um acaso do destino, ele acaba recebendo aulas de culinária de Kotori, uma de suas estudantes. Nenhum deles sabe cozinhar tão bem assim, mas juntos procuram criar os pratos mais saborosos possíveis.

Baseado no mangá da Amagakure Gido, essa história é ótima para quem adora comida. Agradeço todo os dias ao Japão por ter criado quadrinhos sobre culinária. É cada prato maravilhoso que deixa babando. Um outro destaque seriam as breves reflexões sobre os papéis de gênero através das dificuldades que Kouhei enfrenta para criar sozinho de Tsumugi e a solidão de Kotori, filha de mãe solteira.

O dia a dia de Tsumugi é intercalado com os pratos que o pai se dedica a aprender e as receitas são bem explicadinhas. Dá para aprender a preparar alguns pratos enquanto assiste! Se você é como eu que vive assistindo vídeo de culinária no Youtube, dê uma conferida nesse anime. 

 

Flying Witch

Episódios: 12

Makoto Kowata é uma jovem bruxa que acaba se mudar para o interior junto com seu gato Chito. Acompanhamos o dia a dia da adolescente e todas as pequenas aventuras mágicas que acontecem com ela e sua família.

Esse anime é o que podemos classificar como Iyashikei (que vem da palavra japonesa para ‘cura’), obras que acabam criando uma sensação de relaxamento ou até mesmo ‘efeito curativo’. Assistir Flying Witch tem a mesma sensação de uma brisa fresca num dia de verão. Sem grande reviravoltas, dramas intermináveis ou mortes inesperadas, o dia a dia de Makoto pode ser interessante, divertido ou hilário. Algumas piadas simples me fizeram rolar de rir.

 

Shouwa Genroku Rakugo Shinjuu

Episódios: 12 (primeira temporada)

Um homem é libertado da prisão e quer se tornar aprendiz de rakugo, uma forma japonesa tradicional de contar histórias. Seu mestre Yakumo o apelida de Yotarou (tolo), mas o aceita como aluno. Conheça as histórias trágicas desses artistas enquanto tentam salvar uma arte antiga ameaçada pelas mudanças no Japão moderno.

Já esse aqui recomendo para as pessoas que adoram dramas históricos. Ou tragédias que vão pisar no seu coração. Baseado no mangá premiado de Kumota Haruko, Shouwa Genroku Rakugo Shinjuu é, sem exageros, um dos melhores animes dos últimos tempos. Assistimos o desenrolar da vida desses personagens, vendo os anos passarem enquanto seus sonhos e anseios e desejos são pisoteados pelas expectativas da sociedade. Temas como papéis de gênero, sexualidade, angústia, amores perdidos, o lugar da arte estão enraizados em cada cena desse anime.  

E essa maravilha ainda teve a sorte de ter uma segunda temporada que começou a ser exibida agorinha no início de 2017.

 

Yuri!!! on Ice

Episódios: 12

Yuri Katsuki é um patinador profissional de 23 anos que acaba de ficar em último lugar na final do GrandPrix. Com dúvidas sobre o que fazer com sua carreira, volta para a casa dos pais na sua cidade natal e continua a treinar apenas por hábito. Até que um dia um vídeo dele patinando se torna viral e o seu ídolo, o pentacampeão mundial Victor Nikiforov, aparece na sua porta e decide ser seu treinador!?

Sendo um dos animes mais populares de 2016, é possível que você já tenha ouvido desse aqui. E eu vou ser mais uma a recomendar Yuri!!! on Ice porque adorei essa história com todas as minhas forças e foi um dos mais divertidos que assisti recentemente. Eu já tenho um fraco por animes de esporte, que podem parecer algo estranho caso sua única referência seja Super Campeões (Captain Tsubasa), e essa animação é o projeto dos sonhos da diretora Sayo Yamamoto, que já mencionei antes aqui no Ovelha, da qual sou mega fã.

As qualidades desse anime são muitas: um grupo diversos de personagens de múltiplas nacionalidades que não seguem estereótipos, representações realistas de ansiedade, um romance que te faz suspirar/gritar/chorar. É umas daquelas histórias que você sente que foi feita com muito amor por todos os envolvidos.  

 

Oshiete! Galko-chan

Episódios: 12

Galko, Ojou e Otako são três meninas totalmente diferente umas das outras e que tem uma amizade inseparável. E que adoram conversar sobre qualquer coisa.

Poderia resumir esse aqui como “conversas idiotas que você teve no ensino médio, mas nega com todas as suas forças”. O destaque aqui vai para a diversidade de tipos corporais tanto femininos quanto masculinos – a menina mais gorda da turma é a mais atlética, por exemplo – e pelas meninas conversarem sobre de tudo mesmo! Cada episódio abre com alguma pergunta bem besta e as conversas podem ou não partir daí. Chega a ser refrescante ver personagens femininas falando francamente de coisas como prisão de ventre, menstruação ou a qualidade do papel higiênico. Os episódios são bem curtinhos, 7 minutos cada, então dá pra ver tudo numa tarde sem problemas.

 

Flip Flappers

Episódios: 13

A tímida Cocona acaba viajando junto com a animada Papika para outras dimensões onde sonho e realidade nem sempre são que parecem.

Essa recomendação guardei para o final justamente porque não tinha certeza se deveria colocar ou não. Flip Flappers é um anime visualmente fantástico e que não explica muita coisa com todas as palavras. Uma história disfarçada sobre garotas mágicas e ficção científica para falar sobre a descoberta da sexualidade de Cocona e seu amor por Papika. Porém, ele contém uma quantidade de fanservice que incomoda, mesmo que não seja muito se comparado a média. É esse grande defeito que me impede de recomendar Flip Flappers com todo meu coração, mas decidi deixá-lo aqui na lista para quem ficou curiosa mesmo assim.
 

Gostaram das recomendações? Todos esses animes estão disponíveis legalmente aqui no Brasil pelo Crunchyroll ;)

 

Mais de Patrícia Machado

Ouça: Brown Eyed Girls

No mundo do K-pop, as Brown Eyed Girls são uma verdadeira lenda
Leia mais