As tomboys de Marianne Breslauer

Foto de Marianne Breslauer

Graças a esse post do Messy Nessy Chic, conheci as fotografias da alemã Marianne Breslauer (1909-2001).

Em 1929, Marianne, com seus 20 aninhos, morou em Paris e foi aprendiz de ninguém menos que Man Ray. Lá, ela desenvolveu um olhar poético para cenas cotidianas nas ruas francesas, inspirada por André Kertesz e Brassai. Nos anos 30, ela trabalhou como fotógrafa profissional em Berlim e teve suas fotos publicados em várias revistas.

O tema principal de Marianne eram as tomboys, mulheres que normalmente usam cabelos curtos, vestem roupas “masculinas”, são independentes, urbanas… Enfim, eram mulheres raras na época.

Ela fotografou principalmente sua amiga suíça Annemarie Schwarzenbach, escritora, fotógrafa e jornalista que morreu em 1942 aos 34 anos.

“Neither a woman nor a man, but an angel, an archangel” (nem uma mulher, nem um homem, mas um anjo, um arcanjo), era como Marianne descrevia Annemarie.

Annemarie Schwarzenbach, Zurique, 1934 (Foto: Marianne Breslauer)
Annemarie Schwarzenbach, Zurique, 1934 (Foto: Marianne Breslauer)

Na Alemanha nazista, os empregadores de Marianne queriam publicar suas fotos sob um pseudônimo para esconder o fato de que ela era judia. Ela se recusou e deixou o país.

Em 1936, foi morar em Amsterdã (Holanda) onde se casou com o negociante de arte Walter Feilchenfeldt. Foi quando ela também parou de fotografar :/

Mais fotos de Marianne Breslauer:

Lisa von Cramm, Berlin, 1934 (Foto: Marianne Breslauer)
Lisa von Cramm, Berlin, 1934 (Foto: Marianne Breslauer)
Ruth von Morgen (Foto: Marianne Breslauer)
Ruth von Morgen (Foto: Marianne Breslauer)
Annemarie Schwarzenbach (Foto: Marianne Breslauer)
Annemarie Schwarzenbach (Foto: Marianne Breslauer)
Self-portrait, Berlim, 1933 (Foto: Marianne Breslauer)
Self-portrait, Berlim, 1933 (Foto: Marianne Breslauer)
Tags relacionadas
,
Mais de Letícia Mendes

Ouça: Lucy Rose

A cantora britânica de pop-folk Lucy Rose tem 26 anos e dois...
Leia mais