Leia: Wislawa Szymborska

Uma mulher para não passar batido nas nossas leituras

Wislawa Szymborska (1923 – 2012) é simplesmente a suprema senhora da poesia, minha queridas! Classificada em nossa sociedade patriarcal como simplesmente o “Mozart da poesia”, escritora polanca formada em Filologia Polaca e Sociologia pela Universidade Jaguellonica.

Wislawa foi poeta, crítica literária e tradutora, suas obras foram traduzidas em 42 línguas e é uma das poetisas polancas mais traduzidas do mundo.

Por que ler Wislawa Szymborska? Uma mulher que ganha o Prêmio Nobel em 1996, e, em discurso, ela simplesmente dá um significado para “não sei”, como deveríamos valorizar essa pequena expressão, não é uma mulher que deve se passar batido em nossas leituras:
 
“Por isso valorizo tanto estas duas pequenas palavras: ‘não sei’. Pequenas, mas de asas poderosas que expandem nossa vida por espaços contidos em nós mesmo e espaços nos quais está suspensa nossa minúscula Terra. […] Também como poeta, se é um poeta de verdade, deve repetir constantemente para si mesmo: ‘não sei’. Cada poema seu é uma tentativa de resposta, mas assim que ele coloca o ponto final, já o espreita a dúvida, já começa a se dar conta de que aquela é uma resposta temporária e totalmente insuficiente. E assim tenta mais uma vez, e mais outra e depois os historiadores da literatura juntam com um grande clipe essas sucessivas provas de sua insatisfação consigo mesmo e chamam-nas de sua obra… […] Entretanto, na linguagem da poesia, na qual se pesa cada palavra, nada é comum ou normal. Nenhuma pedra e sobre ela nenhuma nuvem. Nenhum dia e depois dele nenhuma noite. E acima de tudo nenhuma existência do que quer que seja neste mundo. […]”
 

Sua poética está nas pequenas coisas, de uma sensibilidade do mundo e todas as pequenas vidas que existem nele, uma valorização do comum que assombra. A Academia de Estocolmo caracteriza suas poesias como “uma poesia que, com precisão irónica, permite que o contexto histórico e biológico se manifeste em fragmentos da realidade humana”.

De suas obras traduzidas para o português temos Poemas e Um amor feliz, publicadas pela Companhia das Letras.

LEIA WISLAWA SZYMBORSKA!!!

Tags relacionadas
, , ,
Escrito por
Mais de Janis Souza

♪ Friday I’m In Love ♪

É sexta-feira, eu estou apaixonada!
Leia mais