Mulheres contra Cunha

Ontem (12 de novembro) foi o terceiro ato em São Paulo contra a PL 5069, que modifica a Lei de Atendimento às Vítimas de Violência Sexual. Para quem ainda não conhece esse projeto de lei absurdo, aqui tem um post bem bacana que resume bem o que o Eduardo Cunha está propondo.

 

Ontem teve e hoje vai ter mais!

 

 

Ó abre alas que as mulheres vão passar! Com essa marcha muita coisa vai mudar! Nosso lugar não é no fogo ou no fogão. A nossa chama é o fogo da revolução!

Mais de Barbara Mastrobuono

Sarah Maple e a crítica ao patriarcado

Sarah Maple é uma jovem artista britânica. Aos 30 anos, ela consegue...
Leia mais