O que temos a aprender com Maude?

Arte feita com exclusividade por Fernanda Garcia (Kissy)

Harold and Maude” (“Ensina-me a Viver”) é um filme americano de 1971, estrelado por Bud Cord (Harold) e Ruth Gordon (Maude).

Nele, Harold, um rapaz rico obcecado por morte, conhece Maude no funeral de algum desconhecido. A partir daí os dois trocam experiências incríveis sobre a vida e o amor.

Ao longo do filme Maude, uma sábia e destemida mulher de 79 anos, aplica várias lições de vida a Harold – e a nós também – com seu espírito livre e falas estimulantes.

Separei alguns pedacinhos importantes para serem guardados e lembrados, se liga:

Uma forma mais bonita de dizer “as coisas vêm e vão. Não esquenta, cara.”

Harold-and-Maude


Tipo “vai lá, se joga de cara, mas faz valer a pena.”

Harold-and-Maude
Harold-and-Maude


“Todo mundo tem o direito de ser meio bobo. Não deixe o mundo ficar te julgando demais.” Ou seja, F-O-D-A-S-E.

Harold-and-Maude


Também gosto de ver as coisas crescerem, Maude. :)

harold-maude


E poxa, a casinha da Maude parece super aconchegante e bonita:

maude-home


Essa é minha cena favorita do filme. Maude dando uma lição de sensibilidade:

Agora adiciona toda essa sabedoria e delicadeza com uma trilha sonora do Cat Stevens.

Ok, terminei esse post querendo assistir a esse filme lindo novamente pela milésima vez.

Faça isso também! <3

Tags relacionadas
,
Mais de Fernanda Garcia

A filosofia kaiseki por Niki Nakayama

A terceira temporada de Chef’s Table* já está disponível na Netflix, mas...
Leia mais
  • Duda França

    terminei de ler esse post querendo assistir a esse filme lindo novamente pela milésima vez.