Ouça: Cooly G.

Wait’Til Night é o segundo álbum em que Merrisa Campbel, conhecida como Cooly G., mostra seu talento no estilo bedroom music. Com uma voz suave e sexy, uma batida lenta lembra um pouco de clubmusic e R’n’B, a produtora inglesa de Brixton constrói uma atmosfera sensual perfeita para uma experiência entre quatro paredes.

A música foi o jeito que a produtora e mãe solteira de duas crianças – um menino e uma menina – encontrou para dizer: “olha só, eu ainda sou sexy, ainda tenho fantasias e quero expressá-las!” É essa força que faz o álbum gostoso de ouvir. Dá para sentir, em cada faixa, sua confiança e o lado sexy da cantora renascerem. Hyperdub

Filha de mãe nascida na Guiana e pai na Jamaica, Merrisa Campbel herdou deles sua paixão por slow jams e House. A mãe gostava de Acid House e era frequentadora de Raves, enquanto o pai era admirador de Reggae, Dub e Rare Groove. Não é à toa que Cooly G. gosta de experimentar com esses ritmos. Isso tudo resultou em suas letras e melodia cheias de uma Sexy Vibe bem gostosinha.

Em entrevista para a revista alemã, Missy Magazine, ela conta que a faixa que deu nome ao álbum é uma criação antiga, de um tempo em que ela se sentia feliz e muito atraente. “Nos últimos anos, perdi esse sentimento. Agora estou tentando ganhar isso de volta e ser a mulher sexy que eu sou”.
 

 
E está conseguindo. Em faixas bem diretas como “Your Sex”, “Fuck with You”, “Freak You”, Cooly G. revela suas fantasias e sua vontade de go out there and date. “Eu pude explorar minhas fantasias porque eu sou uma mãe solteira e não tenho um parceiro, então, sim, eu me sinto sexual às vezes. Eu sinto que eu posso me tornar eu mesma de novo, e isso é muito bom”, disse Cooly G. à revista britânica online The Quietus.
 

Cooly G - Wait 'til Night
Cooly G – Wait ‘til Night
 
O primeiro vídeo de Cooly G. é o da Wait’Til Night, em que ela está num encontro com lindo rapaz e eles caminham pelas ruas de Londres, trocando carícias, risadas e olhares. Enquanto isso ela canta “The way you got me last night. You’re so sweet” com sua voz cheia de presença em um slow-jam que faz a própria ouvinte fantasiar altas coisas. É, com certeza, a soundtrack perfeita para o bedroom.
 

Tags relacionadas
,
Escrito por
Mais de Débora Backes

Assista: “Tangerine”

É véspera de Natal e duas melhores amigas se encontram depois de...
Leia mais