Os maravilhosos discursos do SAG Awards 2017

O elenco do filme Estrelas Além do Tempo (Hidden Figures): Octavia Spencer, Janelle Monae e Taraji P. Henson during no SAG Awards 2017 (Foto por Christopher Polk/Getty Images)
Discursos emocionantes de atores e atrizes sobre a importância da empatia, diversidade e resistência - especialmente nos tempos sombrios da era Trump

Na noite deste último domingo, o Sindicato de Atores de Hollywood anunciou os vencedores do SAG (Screen Actors Guild) Awards 2017.Com todo o clima político que estamos vivendo, o SAG teve muitos discursos importantíssimos de atores e atrizes que subiram ao palco. Além disso, tivemos vitórias importantes para as mulheres e negros da indústria.

O longa Estrelas Além do Tempo (Hidden Figures) levou o prêmio de melhor elenco. Taraji P.Henson arrasou no discurso, foi lindo ver a Janelle Monáe emocionadíssima ao lado dela e da Octavia Spencer. YES!

 

A série Stranger Things também ganhou o prêmio de melhor elenco. O discurso do (maravilhoso) David Harbour foi sensacional e muito motivador. NÃO AOS BULLIES!


 
Melhor ainda foram as caras que a Winona Ryder fez durante o discurso.


 

Viola Davis e Denzel Washington receberam os prêmios de melhor atriz coadjuvante e melhor ator por suas atuações em Um Limite entre Nós. Em entrevista à imprensa depois de receber o prêmio, Viola Davis falou da importância da diversidade:

 

E Mahershala Ali, que ganhou melhor ator coadjuvante por Moonlight: Sob a Luz do Luar, falou sobre empatia e lembrou que é muçulmano:

 

Assim como no ano passado, o elenco de OITNB subiu ao palco pra ganhar o prêmio de melhor elenco de série de comédia, e voltou a reforçar a importância de ter um elenco diverso, ainda mais neste momento da era Trump. ARRASARAM.

 

Julia Louis-Dreyfus, que ganhou o prêmio de melhor atriz de série de comédia por Veep, subiu ao palco pra mandar aquele recadinho maroto de resistência, já que no mesmo fim de semana estavam acontecendo protestos por conta do Muslim Ban assinado por Trump.

 

Emma Stone, que conquistou o prêmio de melhor atriz por La La Land, também falou aos jornalistas sobre a importância de não ficarmos calados diante da repressão:

 

Lily Tomlin, atriz de Grace & Frankie, ainda apontou as similaridades das ações do Trump com os nazistas.

 

Atores e política? CLARO QUE SIM!


 

Leia mais sobre a premiação e a lista de todas as mulheres premiadas no site Mulher no Cinema.

 

Mais de Nina Grando

Ouça: QT

QT (deve ser lido como “cutie”), são as iniciais para Quinn Thomas,...
Leia mais