BitchCoin

Sim, você leu certo. Não é Bitcoin, mas sim BitchCoin. Essa moeda foi uma criação da artista plástica Sarah Meyohas. Ao comprar 1 BitchCoin, o comprador recebe uma impressão digital de uma fotografia da artista. Dessa forma, os colecionadores podem investir diretamente nela, como artista, do que simplesmente investir em uma arte especificamente.

Para investidores potenciais, é uma aposta na artista sem expiração. Sarah Meyohas promete que o BitchCoin terá um preço fixo de 100 dólares americanos, mesmo se o valor da fotografia aumentar com o tempo. Conforme sua arte for encarecendo ao longo do tempo, o BitchCoin também se valoriza.

bitchcoin-sarahmeyohas

A nova moeda digital é destaque na exposição “Where 6,” na galeria Where, em Brooklyn NY. Ao todo, 200 BitchCoins serão vendidos na inauguração do primeiro câmbio fotográfico, intitulado Speculation (“Especulação”, em tradução livre). De agora em diante, os BitchCoins poderão ser trocados por prints da obra Speculation ou qualquer outro futuro trabalho que Meyohas produzirá no futuro.

Normalmente um trabalho de um artista flutua na especulação de colecionadoras do mercado de arte sem a permissão ou mesmo o benefício do autor. Uma vez que ele vende sua obra, é isso: nenhum lucro dessas negociações posteriores volta para o artista. O BitchCoin dá à Sarah Meyohas mais poder sobre a valorização de suas obras. É uma ação corajosa e inteligente que vai de encontro com a atual economia crowd e moedas digitais alternativas, visto em iniciativas como o Patreon.

Tags relacionadas
,
Mais de Nina Grando

FIGHT! Um zine que luta como uma garota

FIGHT! é um zine que convida artistas a criarem sua própria personagem...
Leia mais
  • Acácio Da Rosa Florentino

    Cheguei aqui com convicção que alguém já teria criado um trocadilho com o nome “Bitcoin”! (: