Crescendo LGBT na África

O time do The None on Record (menos Thiam): Juelz Laval, Eddy Mokaya, Yvonne Odour e Jonah Voss, com dois entrevistados da série "Growing Up LGBT in Africa" (Njeri Gateru e Solomon Wambua)
O time do The None on Record (menos Thiam): Juelz Laval, Eddy Mokaya, Yvonne Odour e Jonah Voss, com dois entrevistados da série "Growing Up LGBT in Africa" (Njeri Gateru e Solomon Wambua)

A None on Record é uma organização de mídia digital que documenta histórias da comunidade LGBT no continente africano e na diáspora africana.

A None on Record foi fundada pela Selly Thiam, uma jornalista senegalesa lésbica que mora nos EUA, e que começou o projeto para construir uma memória oral da vida de LGBTs africanos. Nessa entrevista com o OkayAfrica, a Selly conta mais do projeto e da cena cultural LGBT de Nairóbi.

As histórias coletadas pela None on Record são divididas em séries de vídeos temáticos e estão todas disponíveis aqui. A organização já produziu uma série chamada Seeking Asylum sobre a vida de pessoas LGBT africanas que estavam buscando asilo no Reino Unido. Este ano, no dia 17 de maio, o Dia Internacional Contra a Homofobia e a Transfobia, a None on Record lançou a série Growing Up LGBT in Africa, com entrevistas feitas em Nairóbi sobre como é crescer LGBT no leste africano.

O projeto mostra a experiência pessoas super interessantes, como a Lorna Dias, que é da Coalizão de Gays e Lésbicas do Quênia:
 

 
Um outra entrevistada bem legal é a Cleopatra Kambungu, uma cientista e militante transgênero. A Cleopatra ficou conhecida quando participou de um projeto incrível chamado The Pearl of Africa, um documentário sobre a vida dela pós-transição. O objetivo do filme era discutir a vida das pessoas LGBTQI na África, mas acabou rolando também um crowdfunding para ajudar na transição da Cleo. Dá uma olhada na entrevista dela:
 

 
Não esquece de curtir a página da None on Record!

Mais de Bárbara Paes

Mosqueando: representatividade ilustrada

A Giovana Rodrigues é uma designer de 19 anos que tem um...
Leia mais
  • barbarrá

    que foda demais!