Dossiê Violência Contra as Mulheres

Ilustrações retiradas do Dossiê Violência Contra Mulheres

Na semana em que a Lei Maria da Penha completa nove anos de criação e a primeira Delegacia da Mulher do país, três décadas, há mais um motivo para comemorar. A Agência Patrícia Galvão está lançando o Dossiê Violência Contra as Mulheres: um banco digital que sistematiza dados e fontes de especialistas sobre o tema.

Disponível para consulta pública, a ferramenta traz informações atualizadas e segmentadas sobre violência doméstica, feminicídio, abuso sexual, racismo, cultura e raízes da violência contra a mulher, ataques na internet e violência contra lésbicas, bis e transexuais.

 

 
A proposta do Instituto é ajudar a aprofundar e a qualificar as discussões e a cobertura da mídia sobre o tema, reunindo números precisos e confiáveis sobre a realidade violenta vivida por mulheres do Brasil. Para o lançamento, a equipe envolvida na criação do sistema reuniu as principais pesquisas existentes no Brasil divulgadas nos últimos três anos. Nessa largada, há 26 estudos compilados, mas o banco terá atualização permanente.

 
dossieviolencia
 
O dossiê integra o projeto Por uma cobertura jornalística contextualizada, crítica e aprofundada sobre violência contra as mulheres, que foi um dos 31 selecionados para receber apoio financeiro do Fundo Fale sem Medo – organizado pelo Instituto Avon e o pelo ELAS – Fundo de Investimento Social.
 

Fundado em 2001, o Instituto Patricia Galvão, cujo nome homenageia a jornalista conhecida como Pagu, morta em 1962, trabalha em defesa dos direitos das mulheres através da comunicação. A ONG produz campanhas publicitárias contra a violência doméstica e organiza pesquisas de opinião pública, entre outras ações.

Ilustrações retiradas do Dossiê Violência Contra Mulheres

Tags relacionadas
,
Escrito por
Mais de Kellen Moraes

Dossiê Violência Contra as Mulheres

Na semana em que a Lei Maria da Penha completa nove anos...
Leia mais