JAND: universitários nigerianos em Londres

A Modé Aderinokun é uma nigeriana que já estudou no Togo, em Londres e em São Francisco. Em 2014 ela começou um quadrinho bem legal, o JAND.

O JAND explora a vida de oito estudantes universitários que moram em Londres e representam um grupo social que a autora conhece muito bem: o círculo de jovens nigerianos de classe média alta.

Em uma entrevista para o Okay Africa, a Modé explica que “as pessoas não percebem que existe uma classe alta na Nigéria, porque a mídia não mostra isso”. A autora acredita que essa é uma narrativa pouco explorada em livros filmes ou programas de TV sobre a Nigéria e JAND é a forma que ela encontrou de visibilizar essas histórias.

O tom dos quadrinhos é bem leve, a gente acompanha a vida da burguesia da Nigéria pelas lentes das experiências desses jovens que estão estudando fora do país.

 
jand-cena
 
O nome JAND tem dois significados: além de ser uma sigla para Just Another Nigerian Drama, a palavra “jand” é coloquialmente usada por jovens nigerianos como sinônimo de Londres.

Pra quem não sabe, Londres é um super destino acadêmico para estudantes nigerianos. De acordo com o relatório Migration in Nigeria: A Country Profile 2009, o número de estudantes nigerianos em instituições educacionais no Reino Unido cresceu de 2800 em 2007 para 30 mil em 2015. Além da proximidade física e de um processo de obtenção de vistos relativamente mais simples que de outros países, o Reino Unido também se tornou um destino pois os currículos de muitas escolas de elite nigerianas é o mesmo usado pelos britânicos.

Acompanha a página do JAND aqui.

Mais de Bárbara Paes

Ouça: Cold Specks

A Cold Specks é uma cantora de origem somali e canadense, que...
Leia mais