As cores de Angélica Dass

'Humanae', de Angélica Dass

Preciso contar um guilty pleasure: ver TED Talks. Principalmente aqueles em que mulheres falam sobre qualquer assunto: literatura, maternidade, tecnologia etc.

Só nestes dias me deparei com um vídeo publicado em fevereiro (então desculpem-me se eu estiver atrasada), com a fotógrafa brasileira Angélica Dass.

Formada em Estilismo pelo Senai, ela passou pelos cursos de Indumentária na UFRJ, uma pós-graduação em Jornalismo na UNED em Madrid e uma pós em Fotografia Artística e Conceitual na AFTI na Espanha.

Angélica criou a série de fotografias “Humanae”, na qual liga os tons de pele de pessoas à escala de cores da Pantone. Ela foi convidada a falar sobre esse projeto no TED e deu uma palestra muito emocionante. A visão que ela tem sobre as cores é lúdica e enriquecedora. E seu depoimento é também muito pessoal:

Quando levava meu primo à escola, geralmente achavam que eu era babá dele. Ao ajudar na cozinha, em festas na casa de amigos, as pessoas achavam que eu era a empregada. Fui até tratada como prostituta só porque estava andando sozinha na praia com amigos europeus. Muitas vezes, ao visitar minha avó ou meus amigos em casas de classe alta, pessoas me diziam para não usar o elevador social, porque, afinal, com esta cor de pele e com este cabelo, alguns lugares “não são pra mim”.

Ela já retratou mais de 3 mil pessoas em 13 países diferentes, 19 cidades em todo o mundo. De estudantes na Suíça a refugiados que cruzaram o Mediterrâneo de barco.

Não deixem de assistir a esse vídeo:

Tags relacionadas
, ,
Mais de Letícia Mendes

Chloë Sevigny dirige filme sobre gatinha

A atriz e designer Chloë Sevigny, nossa musa suprema, está estreando como...
Leia mais