Amo/Sou: Cabelos cor-de-rosa

Prepara o Pinterest que as refs são babado

Fazem mais de cinco anos que eu pinto meu cabelo. Mas não é loiro nem ruivo: é rosa. Já foi também violeta, azul, cinza e laranja. Mas o rosa é a cor que realmente criou raízes e ajudou a moldar meu estilo e atual identidade. Quer dizer, não mais atual porque dei um tempo e voltei a deixar o castanho reinar.
 

Meu cabelo em 2012, longo e bem rosinha. Adorava!
 
Meu cabelo em 2013, mais claro e um pouco puxado pro pêssego.
 
Deixei a raiz do cabelo voltar a crescer por algumas razões. Porque havia esquecido como eu era com o cabelo escuro (ainda que logo mais vão aparecer fios brancos aos montes) e também porque batia de vez em quando aquela questão da idade: cabelo rosa aos 30 anos? SIM, POR QUE NÃO? Algumas das mulheres mais icônicas e estilosas pintam o cabelo de colorido mesmo (muito) depois dos trinta.
 
Helen Mirren já arrasou com o cabelo rosa depois dos 60
 
Fiquei ainda me questionando a relação da cor de cabelo com identidade. Achei um artigo da MTV sobre o assunto. Midge Wilson, professor PhD em psicologia, afirmou que “nosso sentimento em função da cor do cabelo é algo socialmente construído. O cabelo loiro já foi considerado indesejável – pálido, maçante e não confiável eram adjetivos comumente associados às loiras. E isso não mudou até o século 20, quando Clairol (marca americana de tintas pra cabelo) lançou a campanha ‘as loiras se divertem mais’.” Imagina as rosas!

Do mesmo artigo, o colorista Daniel Moon fez uma afirmação interessante. Ele diz que a cultura digital tem uma enorme influência em nossas escolhas de cor de cabelo – uma forma de recriar o que vemos na internet. Ele diz: “Tente olhar para a imagem de um lápis vermelho on-line e para um lápis vermelho na palma da sua mão. Um é analógico e o outro digital. Ao usar uma cor de cabelo não natural, tornamo-nos digitais e atraentes em alta definição. Nós nos conectamos com as cores da vida: o pôr-do-sol, as flores e as árvores podem ser associados com a cor do nosso cabelo. Você se torna parte da arte da sua foto ao lado de uma parede grafitada”.
 

O cabelo da Pony, por exemplo, é cabelo de sereia, cabelo de unicórnio, etc.
 
É, acho que o rosa faz parte da minha identidade agora. Me faz feliz, me faz eu me sentir bem comigo mesma e eu me divirto com ele. Foda-se o que os outros pensam! O importante é ser feliz e colorida! Então essa semana, depois de quase 6 meses de morenice, vou voltar a descolorir as madeixas pra voltar a ser rosa de novo.
 
 

Colorido não é só pra cabelo liso!

Eu compartilhei as fotos das minhas referências, que se aproximam ao meu tipo de cabelo. Mas se você possui cabelo crespo ou cacheado também pode conferir uma seleção incrível de cabelos coloridos que já fizemos antes. Clica aqui!
 
Rosa é pra todo o tipo de cabelo!
 

Feliz rosa novo!

 

Tags relacionadas
,
Mais de Nina Grando

Bee and Puppycat: a série e o quadrinho

Os fãs de animação que adoravam assistir Adult Swim deveriam considerar o...
Leia mais
  • Fernanda Garcia

    Eu to querendo voltar pro colorido tbm! E adorei a explicação do Daniel Moon!

    • É ótema, né? Amava você de cabelo rosa! *___*