Guia Ovelha para uma solitude feliz

Colagem digital por Fernanda Garcia (Kissy)

“Oi, sumida!”

 
Pode ser uma característica temporária ou algo que temos já há algum tempo. Mas a solidão não precisa ser vista como algo ruim. Susan Cain (que tem uma excelente palestra no TED) defende a prática da introversão e afirma que com ela podemos desenvolver uma grande riqueza criativa. Aceitando a solidão, somos capazes de nos desintoxicarmos de um ambiente cheio de estímulos e abrimos espaço para nos ouvir sem interferências.
 


Leia também:

Uma introvertida perdida na extroversão
A solidão é uma forma sincera de se amar
Solteira sim, sozinha também


 
Mas como aproveitar a solidão sem cair no vazio ou na negatividade?
Dei uma pesquisada sobre maneiras práticas de exercitar sua criatividade e amar sua própria companhia :)

(Vale lembrar que se você sentir que está passando por alguma dificuldade psicológica, nada deste post substitui uma consulta com um profissional, tá? Tá.)
 

Arte em camiseta de Inés Estrada.

 

1. Faça caminhadas

Não apenas por ser um bom exercício físico, mas também para sua criatividade. Caminhar na rua, no parque, ir até a padaria comprar pão… enfim, sair de casa. Exercite suas pernas e também a sua observação. Aprenda como as coisas se movem e como os outros se comportam. Depois, esse aprendizado pode ser aplicado de muitas maneiras.

 

2. Liste suas tarefas e metas

Seu tempo pode ser melhor aproveitado. “Tá, mas eu já sei o que tenho que fazer.” Ótimo, agora anota. Põe no papel ou pelo menos faz uma nota num lugar bem visível no seu computador. Não é difícil esquecer seus planos a longo ou curto prazo nesse mundão louco que a gente vive. É tanta informação nova a cada dia, ideias, notícias que facilmente alguma coisa pode sair perdida pela beirada e você nem perceber. E daí já era aquela ideia maravilhosa de roteiro que você teve quando tava passando na rua e… nunca mais lembrou do que se tratava.

 

3. Comece um novo hobby ou estude algo diferente

É sempre interessante desafiar seu próprio cérebro a experimentar coisas que ele não está acostumado. Pode ajudar a ver as coisas de uma outra perspectiva. E fazer isso sem ter alguém te pressionando é melhor ainda :)

 

4. Mantenha pensamentos positivos na cabeça

“Ah tá Fernanda, como se fosse fácil”. Não é, sério, EU SEI. Mas existem alguns truques que ajudam a lembrar que eles existem. Por exemplo, anotar e guardar as melhores gratificações e comentários que você ja recebeu. Vale printscreen de comentário no facebook, mensagens, recadinhos em post it, emails. Guarda e junta tudo com carinho. Se possível, imprima e cole na sua parede. Li em um (ótimo) artigo do The New York Times que todos nós humanos temos uma tendência maior a refletir mais sobre as más experiências do que as positivas. É uma adaptação que nos ajuda a evitar o perigo e reagir rapidamente numa crise, mas que pode nos causar muito stress.

 

5. Faça pausas para meditar ou refletir sobre você

Aproveite a oportunidade para se conhecer melhor, entender suas próprias atitudes e reais necessidades. Você pode escrever um diário também e se contemplar com mais carinho. Anotar seus progressos dia-a-dia. Lembrar de todas as conquistas.

Às vezes eu apenas gosto de me ouvir falar. – Salem <3

 

6. Você pode fazer um detox social

mas mantenha por perto (de alguma forma) as “peças chave” especiais, como alguém da família e/ou melhores amigos que te conhecem e apoiam independentemente das suas escolhas. <3

 

7. Você não é egoísta por estar cuidando de si mesma

Apenas. Não. É.

 

8. Lembre-se: existem formas diferentes de se importar com os outros

E não tem problema se o jeito como você demonstra isso é mandando mensagens esporádicas ou conversando todos os dias. Tudo tem seu tempo, assim como sua maneira de ser.

seja você mesma <3

 

9. Por fim, ouça músicas alegres

Veja bem, você não precisa estar animada o tempo inteiro. Eu mesma ouço muita música triste sim, mas é gostoso dar uma variada. Aqui mesmo na Ovelha já postamos várias playlists legais. Que tal dar uma olhada na que mais se encaixa com o seu mood?
 

 

E se você tem mais dicas legais, compartilhe com a gente :)

 

 

Mais de Fernanda Garcia

Conheça: Lottie Pencheon

Lottie Pencheon é uma artista inglesa de Macclesfield que explora seus sentimentos...
Leia mais